Arquivo: junho 2012

29.06.2012

A saída para um Brasil mais saudável

Postado em Notícias

Artigo da coach em bem-viver CarlaLubisco no Jornal do Comércio de hoje com um alerta para a necessidade da implantação de políticas públicas voltadas para a saúde no Brasil:

Carla Lubisco

Os Estados Unidos (EUA) sempre foram considerados a meca do junk food e do sedentarismo. Lá nasceram algumas das maiores redes de comidas rápidas do mundo e a predileção pelas grandes porções de refrigerantes, café ou salgadinhos. Consequentemente, também é de lá que chegam índices alarmantes e que comprovam o declínio da saúde da população, que hoje apresenta elevados índices de obesidade e dos problemas dela decorrentes, como diabetes e hipertensão. Mas, há uma mudança em curso e que tem como pano de fundo a criação de políticas públicas específicas para esse tema. A primeira-dama Michelle Obama está diretamente envolvida com o Let’s Move, programa do governo americano que visa a incentivar a população a fazer exercícios.

A prefeitura de Nova Iorque lidera um movimento de conscientização da população sobre os perigos do excesso de sal e açúcar na dieta diária. Os restaurantes e delis passaram a colocar as calorias dos doces, salgados e sanduíches, e as lojas de produtos orgânicos se proliferaram nos últimos dois anos. E a mais recente novidade: as tradicionais carrocinhas de cachorro-quente e pretzels dividem espaço agora na 5ª Avenida com carrinhos de sucos naturais. Recentemente, o prefeito Michael Bloomberg revelou que pretende proibir a venda de refrigerantes e outras bebidas açucaradas em locais públicos, como restaurantes e cinemas. Mais da metade dos adultos da cidade é obesa ou sofre com o sobrepeso. E o que está sendo feito aqui no Brasil, nas nossas cidades, para combater esse problema? As mais recentes pesquisas apontam que o País já está no mesmo caminho que, há alguns anos, transformou a obesidade em um problema de saúde pública nos EUA. Temos que despertar para a necessidade urgente de implementação de políticas públicas voltadas para a qualidade de vida dos cidadãos. A prevenção é a melhor forma de evitar o aumento dos gastos com a saúde, tanto pelo governo como pelas empresas.

Professora de educação física, coach em bem-viver e empresária

 

 

27.06.2012

Música potencializa resultados dos exercícios

Postado em Sem categoria

Lady Gaga, Beyoncé, John Mayer? O que toca no seu mp3 player enquanto você se exercita? Intuitivamente, costumamos usar a música para a distração durante uma caminhada ou para nos motivarmos em uma aula de spinning (nas bicicletas estacionárias).

Mas, os efeitos positivos do uso desse elemento lúdico vão além. Estudo realizado pela Universidade Brunel de Londres comprovam que a música ajuda a diminuir a percepção de esforço e aumenta a resistência em até 15%.

Ouvir as nossas canções preferidas estimula o cérebro a liberar a dopamina, substância responsável pela sensação de prazer. Durante o exercício, isso pode resultar em uma redução da frequência cardíaca, controle da pressão arterial e até mesmo influenciar na nossa velocidade respiratória.

Durante o exercício, a música pode atuar como um motivador quando estivermos perto da exaustão ou uma aliada para ajudar a relaxar, como em um alongamento. Alguns estudos afirmam que a música adia a fadiga e aumenta a resistência muscular.

Comece a prestar atenção nos efeitos provocados no seu corpo. Se você vai iniciar com uma caminhada, opte por um ritmo mais lento. Isso é importante até mesmo para que, nessa fase de aquecimento, a própria música não leve você a se empolgar demais e ir além da sua condição física, provocando alguma lesão.

No decorrer do treinamento, as batidas da música podem se tornar mais rápidas, atuando como um aliado na progressão da atividade.

De acordo com o Conselho Americano de Exercício, a música deve corresponder à frequência cardíaca que você espera ter durante o treino.

Por isso, é importante encontrar as canções que tenham as batidas por minuto (bpm) adequadas para a atividade. Assim, na caminhada acelerada, por exemplo, você pode escolher àquelas que vão de 137-139 bpm. Na corrida de 147-169 bpm e na bicicleta de 135-170 bpm.

Converse com o seu professor de Educação Física para que ele lhe auxilie. Pesquisar na internet também ajuda. Em alguns sites, como o www.clickmix.com, você pode procurar músicas por bpm, artistas e por tipo de atividade. Também existem alguns programas de computador que ajudam os usuários a escolherem as músicas. Saúde!

 

25.06.2012

Líderes brasileiros se alimentam mal

Cerca de 96% dos líderes brasileiros comem mal e 44% se exercitam pouco segundo pesquisa realizada pela operadora de saúde Omint com 15.230 gerentes e diretores de empresas brasileiras.

Uma matéria publicada pela revista Você S.A com o título “Coração sob pressão” mostra que, de acordo com o estudo, 43% deles está acima do peso. O efeito desse estilo desequilibrado de vida são o maior número de internações de profissionais com menos de 40 anos e o aumento do consumo de medicamento sob prescrição médica, segundo o estudo.

20.06.2012

Novo site

Postado em Notícias

No Jornal do Comércio de hoje, o colunista Eduardo Bins Ely comenta sobre o o site da Carla Lubisco.

“A coach em bem-viver e empresária Carla Lubisco está renovando a sua presença na internet com um novo site (www.carlalubisco.com.br) e peças produzidas especialmente para as redes sociais”.

14.06.2012

exercícios para aliviar o estresse

A revista Isto É Dinheiro de maio apresentou uma reportagem que mostra como alguns dos grandes executivos brasileiros fazem para aliviar o estresse. A prática de esportes e de exercícios físicos apareceu como as principais opções dos homens de negócios para relaxar.

“O exercício me dá concentração e bom-humor”, revelou o vice-presidente de atacado do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli.

A matéria  traz ainda uma lista dos níveis de estresse dos executivos no mundo.

E você, o que tem feito para aliviar o estresse?

13.06.2012

Let´s Move

A primeira dama dos Estados Unidos Michelle Obama está a frente do projeto Let´s Move, que visa incentivar a população a adotar hábitos de vida mais saudáveis.

O site http://www.letsmove.gov/  apresenta os caminhos para incentivar a prática de exercícios entre as famílias, especialmente nas crianças para que elas adquiram desde cedo esses hábitos.

 

Precisamos de algo assim aqui no Brasil!!

Let´s Move!!

Carla Lubisco

Criado por Targeteria